sexta-feira, 27 de março de 2015

Gestores elogiam Encontro de Legisladores e prometem realizar evento com o Poder Executivo

 Beto do Brasil/Prefeito de Solânea
O encontro é de legisladores, mas a presença maciça de prefeitos e vices-prefeitos não deixou de ser notada no I Encontro de Legisladores do Brejo, promovido pelas Câmaras de Vereadores de Bananeiras e Solânea, nesta sexta-feira (27). Vindos de várias localidades, eles enalteceram a iniciativa que poderá aproximar os parlamentares dos poderes constituídos na intenção de que as demandas da população possam chegar até os governos do estado e federal.

O prefeito de Solânea, Beto do Brasil, demonstrou crença na força na união dos vereadores da região e anunciou que pretende levar a ideia para o Poder Executivo. “A força desses vereadores irá fortalecer ainda mais nossos pleitos. Solânea se sente feliz em estar aqui e tenho certeza que essa ideia, não conheço outra iniciativa partindo dos presidentes se reunirem a nível regional e discutirem os problemas. Essa ideia vou copiar e fazer encontro com prefeitos da região. Esses encontros são momentos de trocas de experiência”, ressaltou.

Já Luís Carlos, prefeito de Casserengue, lembrou a crise pela qual vem passando o país e, em especial, os municípios de pequeno porte. “Sei o que é ser vereador e num município pequeno, principalmente. O país vem passando por uma crise de corrupção e financeira e até ecológica onde passamos por muitas dificuldades. E a força maior está no Legislativo. Seja da oposição ou da situação é importante que todos estejam unidos para podermos cobrar mais do governo do estado e do governo federal”, afirmou.

O vice-prefeito de Tacima, Bilac Soares, trouxe à tona um tema que tem sido muito presente nas Casas Legislativas: o voto aberto. “Não se admite que ainda continuem votando de forma secreta. Somos representantes do povo e  eles têm que saber como votamos. Quando eu era vereador foi meu primeiro projeto na Câmara de Tacima.  Aquelas maracutaias que existiam, vereadores que sumiam e só apareciam na hora da sessão, acabou. Para avançar primeiro temos que fazer o dever de casa”, enfatizou.


Focando a Notícia

Vereadores, prefeitos e vices se reúnem no I Encontro de Legisladores do Brejo

Presidentes das Câmaras de Vereadores de quase todos os municípios que fazem a Região Geoadministrativa de Solânea, além de prefeitos, vice-prefeitos e parlamentares de várias localidades estão reunidos, nesta sexta-feira (27), no I Encontro de Legisladores do Brejo, que está sendo realizado no Cine Teatro Municipal, em Solânea, com o intuito de debater problemas das cidades e buscar meios eficazes que solucionem essas questões e que tragam benefícios para a população. O evento tem a organização das Câmaras de Bananeiras e Solânea.

Presentes estão os presidentes das Câmaras de Arara (Luiz Silva), Dona Inês (Demétrio Ferreira), Pirpirituba (Ronaldo José), Casserengue (Francisco Gregório), Caiçara (José Antônio, (Tacima (Marcone Silva), Serraria (Ronaldo da Silva), Pilões (Edilson Mendes), além dos organizadores Márcio Prundêncio e Guga Aragão, respectivamente, de Solânea e Bananeiras.

Também estão no encontro os prefeitos de Solânea, Beto do Brasil e de Casserengue, Luís Carlos, bem como os vice-prefeitos de Bananeiras, Matheus Bezerra; de Tacima, Bilac Soares; de Solânea, Kaiser Rocha, entre outras autoridades.


Durante a abertura, o presidente da Câmara de Bananeiras, Guga Aragão enfatizou: “Estamos fazendo história”. Guga lembrou que, pela primeira vez, legisladores de toda a região se reúnem e, para ele, isso significa que a população estará mais próxima da solução dos problemas de suas cidades.

“Pela primeira vez que conseguimos reunir número significativo de vereadores. Aqui estão reunidos representantes de nossa região que unida tem um potencial populacional e eleitoral quase de duas cidades de Patos. Temos que corrigir o contra-senso de que aquele agente político que está mais perto e ao mesmo tempo mais longe da população. Com certeza nossa idéia colherá muitos frutos”, falou.

Guga acrescentou que unidos, os vereadores terão mais acesso aos poderes constituídos para levar as demandas da população de sua região. “Vamos representar aquele que não tem acesso a governador e órgãos públicos. Sozinhos talvez não tenhamos toda essa representatividade, talvez sozinhos levaremos um chá de cadeira e não respeitará nossa representativa. Entretanto juntos, unidos, somos mais, porque o que é bom para Dona Inês Cassrengue, Tacima, Borborema, e todas as outras, é bom pra Bananeiras e Solânea”, finalizou.

*O encontro está sendo transmitido ao vivo pelo Focando a Notícia. Basta acessar a página principal do site.


Focando a Notícia

Festival de Artes de Areia muda de data e vai ser realizado em setembro

Edição deste ano vai homenagear o escritor areiense Horário de Almeida, considerado um dos maiores intelectuais da Paraíba

Imagem: Internet
O Festival de Artes de Areia deste ano vai ser realizado no mês de setembro. A decisão foi tomada por representantes da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego (Funesc), Secretaria de Estado de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), além da Prefeitura Municipal de Areia. Anteriormente, o evento ocorria paralelamente à Rota Cultural Caminhos do Frio.

Outra decisão anunciada durante a reunião é que as oficinas, que faziam parte da programação do Festival de Artes, não serão mais realizadas. Em substituição, vai ser implantado um projeto pedagógico nas escolas de Areia que irá abordar, já a partir do segundo semestre, as temáticas do evento, assim como o homenageado da edição, que vai ser o escritor areiense Horácio de Almeida.

Formado em Direito pela Faculdade do Recife, Horácio de Almeida é considerado um dos maiores intelectuais da Paraíba. Além de “Brejo de Areia”, ele escreveu ainda “História da Paraíba” (1966 e 1978). O escritor teve ainda colaboração em diversos jornais do Estado. Horácio de Almeida tinha atenção especial com a construção da história e identidade do lugar de origem.

Portalcorreio.com



segunda-feira, 23 de março de 2015

Programação da Semana Santa 2015

JESUS CRISTO É O SENHOR

“Os cristãos sempre consideraram que a Igreja nasceu da Páscoa de Cristo. Na cruz, diz o Evangelho, Cristo inclinou a cabeça e “entregou o Espírito”. Ele se manifesta vivo e ressuscitado no meio dos discípulos, e estes são testemunhas da sua presença no mundo. Por isso, a Páscoa é o centro da vida e da fé dos cristãos.

Todos somos chamados a participar da vida nova do Cristo ressucitado. Esta é a missão da Igreja: Testemunhar a nova criação que Deus iniciou no mundo, ressuscitando Jesus Cristo. Por isso, a Semana Santa merece ser vivida em clima de oração pessoal, esforço de conversão e maior dedicação fraterna”. (do livro semana santa anos A, B, C)

CONVITE

CONVIDAMOS VOCÊ E SUA FAMÍLIA PARA PARTICIPAR DE TODAS AS CELEBRAÇÕES 

DA SEMANA SANTA. CONTAMOS COM SUA PRESENÇA. PARTICIPE!



SEXTA- FEIRA (27 de Março)

19h00 • Procissão do Encontro
 (As Mulheres sairão da Igreja do Rosário)
 (Os Homens sairão da Capela do Colégio Carlota Barreira)
Chegando na Matriz haverá a Santa Missa.

SÁBADO (28 de Março)

18h30 •Confissão Individual (Na Matriz).

19h00 •Missa na Matriz.

DOMINGO DE RAMOS (29 de Março)

08h30 •Procissão de Ramosda Igreja do Rosário para Igreja Matriz.

09h00 •Missana Matriz.(logo após a Missa os batizados)

19h00 •Missa na Matriz.

SEGUNDA-FEIRA SANTA (30 de Março)

08h00 •Confissão individual (Na Matriz)

09h00 •Celebração Penitencial para os seguintes Colégios:
Carlota Barreira, Álvaro Machado, Risco & Rabisco,
 Julia Verônica, José Rodrigues.

15h00 •Celebração Penitencial para os seguintes Colégios:
 Carlota Barreira, Álvaro Machado, Risco & Rabisco,
 Julia Verônica, José Rodrigues.

19h:00 •Celebração Penitencial para os seguintes Colégios:
 Carlota Barreira, Alvaro Machado.

TERÇA-FEIRASANTA (31 de Março)

08h00 •Confissão individual (Na Matriz)

09h00 •Celebração Penitencial para os seguintes Colégios:
 Estadual, João Coutinho, SEA, Pinóquio,
 Madre Trautlinde.

15h00 •Celebração Penitencial para os seguintes Colégios:
 Estadual, João Coutinho, SEA, Pinóquio,
 Madre Trautlinde.

19h:00 •Celebração Penitencial para os seguintes Colégios:
 Estadual, João Coutinho.

QUARTA-FEIRASANTA (01 de Abril)

08h00 •Confissão individual (Na Matriz)

15h00 •Celebração Penitencial para as Mulheres.

19h00 •Celebração Penitencial para os Homens

QUINTA-FEIRASANTA (02 de Abril)

08h30 •Missa Santos Óleos na Catedral, em GUARABIRA.

15h00 •Confissão individual na Matriz.

INÍCIO DO TRÍDUO PASCAL

17h00 •Missa da Ceia do Senhor e Lavá Pés.

ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO

19h00 • Apostolado da Oração e Irmãs Franciscanas

20h00 • Legião da Maria e Irmandade do Rosário

21h00 • Apostolado da Mãe Rainha e Ordem Franciscana

22h00 • RCC

23h00 •ECC, EJC e jovens em geral

24h00 • Procissão do Silêncio até a Igreja do Rosário
 Em seguida a Via Sacra pelo centro da cidade.

SEXTA-FEIRA SANTA (03 de Abril)

08h00 • Confissão individual (Na Matriz)

11h00 • Terço dos Homens- Meditação dos Mistérios Dolorosos.

12h00 • Ofício da Agonia;

15h00 • Celebração da Paixão do Senhor;

16h30 • Procissão com a Imagem do “Senhor Morto”.

17h30 • Visitação do povo a Imagem do “Senhor Morto”.

20h00 • Encenação da Paixão (Jovens do EJC).

SÁBADODE ALELUIA (04 de Abril)

19h30 •Bênção do Fogo em frente ao Pio XII

20h00 •Celebração da Ressurreição (Igreja Matriz)

DOMINGO DE PÁSCOA (05 de Abril)

09h00 • 1ª Missa de Páscoa na Matriz

10h30 • Batizados.

19h00 • 2ª Missa de Páscoa na Matriz.

paroquiaconceicaoareia200.com

Inundada, morador usa bote para fazer travessia em avenida de Guarabira

Mesmo com a obra de drenagem sendo executada, a água não tem encontrado espaço para escoar

Guarabira PB
A Avenida Dom Pedro II, principal corredor da cidade de Guarabira, ficou completamente inundado mais uma vez na manhã deste sábado (21) com as fortes chuvas caídas na cidade. Os dois sentidos da artéria foram bloqueados para passagem de veículos, os mais ousados se arriscavam em atravessar com água acima dos joelhos e houve até quem usasse bote para fazer a travessia.

Mesmo com a obra de drenagem sendo executada, a água não tem encontrado espaço para escoar e isso tem atormentado comerciantes estabelecidos a décadas na Dom Pedro II. De acordo com o prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) a projeção da empresa é que a obra seja entregue no próximo ano e que com a conclusão o problema das inundações seja solucionado em definitivo.








No Dia da Água, cerca de 200 mil desabastecidos na Paraíba não têm o que comemorar

Imagem: Internet
Quando se fala em água num estado com a maior parte de seu território formado pelo semiárido, o tema da escassez parece repetitivo. Mas o enfrentamento desse problema cíclico na Paraíba, principalmente quando chega a época das chuvas e elas não chegam, faz perceber que já vivemos há muitos anos a crise da água que é prevista para o mundo daqui a alguns anos. Dados recentes divulgados pela Companhia de Abastecimento de Água da Paraíba, a Cagepa, revelam que cerca de 30% das cidades do estado enfrentam falta de água. Já são 20 localidades em colapso total no abastecimento e 48 sob racionamento. São quase 200 mil paraibanos sem água regularmente e dependendo de reservatórios domésticos e de carros pipas.

E a crise não se limita somente a regiões conhecidamente castigadas pela seca, como o Sertão e o Cariri. Ela penetra pelo Agreste adentro, atingindo cidades acabaram sendo incluídas pelo Ministério da Integração Nacional na área geográfica de abrangência do semiárido, como Esperança como Montadas e Algodão de Jandaíra.

Além delas estão em colapso no abastecimento Nova Floresta, Cuité, Serra Redonda, Remígio, Puxinanã e Areial, também no Agreste; Riacho Santo Antônio, no Cariri; Desterro, Cacimbas, São João do Rio do Peixe, Carrapateira e Triunfo, no Sertão; e ainda os distritos de São Miguel(Esperança), Lagoa do Mato (Remígio), Cepilho (Areia), Pindurão (Camalaú) e Gravatá (São João do Rio do Peixe).

De acordo com a Diretoria de Operações da Cagepa, essas localidades estão com os mananciais que as abastecem totalmente secos, sem condições de atendimento. O abastecimento está sendo feito através de carros pipas pelas prefeituras municipais, Exército e pela Defesa Civil do Estado.

Quanto aos municípios em racionamento, eles também estão localizados nessas três regiões de abrangência do semiárido. São eles, Barra de São Miguel, Umbuzeiro, Nova Palmeira, Campina Grande, Barra de Santana, Caturité, Queimadas, Pocinhos, Lagoa Seca, Matinhas, São Sebastião de Lagoa de Roça, Alagoa Nova, Aroeiras, Gado Bravo, Nazarezinho, Bom Sucesso, Brejo dos Santos, Santa Cruz, Vieirópolis, Lastro, São Francisco, Riacho dos Cavalos, Jericó, Mato Grosso, Arara, Casserengue, Bélem, Caiçara, Logradouro, Solânea, Riachão, Tacima, Dona Inês, Damião, Bananeiras, Cacimba de Dentro, Araruna, Monte Horebe e os distritos de Galante e São José da Mata (Campina Grande), Novo Pedro Velho (Aroeiras), São Pedro (Santa Cruz), Riachão, Braga, Rua Nova (Belém), Barreiros e Logradouro (Cacimba de Dentro), e Cozinha (Dona Inês).

Há segurança hídrica, de acordo com a Diretoria de Operação da Cagepa, somente na região litorânea do estado. Na Grande João Pessoa, por exemplo, não há risco de falta d'água. O sistema de abastecimento é feito através dos mananciais Gramame- Mamuaba, que está com 80,07% de sua capacidade, e de Marés, que conta com 93,97% da capacidade de armazenamento do produto.

Situação se agrava

A tendência, no entanto, é o agravamento da situação porque mesmo com a incidência de chuvas registradas no ano passado e neste início de ano, os mananciais que abastecem a maioria dos municípios, principalmente das regiões do Cariri, Sertão e Agreste, não acumularam água suficiente para trazer tranquilidade ao abastecimento.

As chuvas registradas são muito localizadas e na maioria das vezes não caem em locais apropriados ao acúmulo nos reservatórios que continuam secos ou quase secos. No Sertão do Estado, pelo menos 18 mananciais estão no nível mais baixo desde que foram construídos, segundo informações do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs).

A crise é grande e para ter uma ideia, basta compararmos a capacidade hídrica da Paraíba, que é de 3,7 bilhões de metros cúbicos de água, com o que o estado dispõe atualmente, que é de 789,9 milhões de metros cúbicos, ou seja, estamos apenas 21% da capacidade hídrica.

Desperdício deve ser evitado

A conscientização da população sobre a importância da preservação e do uso racional da água é o grande desafio enfrentado pelas agências, companhias e secretarias ligadas à questão na Paraíba. A Cagepa informou que vem fazendo uma campanha educativa junto à população com essa finalidade.

Além disso, vem desenvolvendo ações que objetivam diminuir o desperdício da água desde a sua produção até a distribuição à população que na Paraíba chega a 37%, conforme a Assessoria de Planejamento da Companhia.

Entre essas ações estão a substituição de hidrômetros, a instalação de macromedidores e a automação de sistemas. A Cagepa informou, ainda, que está incrementando equipes para retirada de vazamentos e fazendo a substituição de trechos de redes de distribuição de água antigas.

Outra ação nesse sentido é o projeto de melhoria no call center, que conforme a empresa, visa agilizar, dentre outras coisas, o recebimento e o encaminhamento de avisos de vazamento com maior rapidez. E para reduzir o número de vazamentos, vem sendo posto em prática o projeto de setorização para reequilibrar as pressões nas redes de distribuição de água.

A Cagepa também disse que tem intensificado a fiscalização de águas cortadas e de desvios fraudulentos; a companhia informou que tem um projeto de melhoria do call center, visando agilizar, dentre outras coisas, o recebimento e o encaminhamento de avisos de vazamentos com maior rapidez; projeto de setorização, visando reequilibrar as pressões nas redes de distribuição de água, o que deve reduzir o número de vazamentos.

Fonte: Luciana Rodrigues


Mais de 650 estudantes são beneficiados com serviço de transporte universitário gratuito em Guarabira

A Prefeitura de Guarabira, através da Secretaria de Educação, vem prestando uma atenção especial aos estudantes universitários que sofriam com os altos custos para o acesso às aulas diárias no ensino superior em outras cidades do Estado.

O serviço de transporte universitário gratuito em Guarabira iniciou-se no começo do ano passado. Uma iniciativa inédita do prefeito Zenóbio Toscano, que após torná-la compromisso durante campanha eleitoral, cumpriu com afinco.

Um investimento mensal orçado em mais de R$ 70 mil com recursos próprios do município. Atualmente, 11 ônibus estão transportando cerca de 680 estudantes tanto para a UEPB local, quanto para universidades e faculdades nas cidades de Bananeiras, Rio Tinto, Mamanguape, João Pessoa, nos três turnos, e para Campina Grande no turno da noite.

De acordo com o secretário de Educação Raimundo Macedo, a qualidade dos transportes, atrelado ao conforto oferecido aos estudantes é um fator de destaque, percebido por estudantes de outros municípios. Para os beneficiados, segundo Raimundo, é um importante serviço que a Prefeitura presta, contribuindo para a renda de seus pais e familiares.

Vale lembrar que, os interessados devem estar munidos de RG, CPF, Título de Eleitor, Comprovante de residência (em nome do universitário ou dos pais), além da Declaração da Universidade/Faculdade. Somente terão direito ao benefício os alunos guarabirenses e que façam graduação.
***
#Institucional #Política


Da assessoria da PMG

NO GIRASSOL II - Paraíba registra mais de 340 assassinatos em dois meses e três semanas de 2015

Imagem: Internet
A Paraíba (cerca de 3,9 milhões de habitantes) já registrou, nas três primeiras semanas de março, um total de 71 assassinatos. No ano, segundo informações do Ciop combinadas com a cobertura do noticiário policial, o número de mortes já ultrapassa 341, o que dá mais de quatro homicídios por dia ao logo de menos de três meses.

Para se ter uma ideia, foram assassinadas menos de 800 pessoas na França (cerca de 64 milhões de habitantes) em todo o ano passado. Aliás, os números da violência no Brasil foram motivo de vários pronunciamentos de escritores brasileiros durante o Salão de Livros de Paris. Paulo Lins (que escreveu Cidade de Deus e Desde que o samba é samba) afirmou que o País vive um clima de guerrilha.

Entre os brasileiros que vivem na França, o sentimento é de tristeza. Tereza Peixoto, que mora nos arredores de Paris há 28 anos, espanta-se com os números da violência num Estado como a Paraíba: “Não teria como criar meus filhos num clima de violência desse.”

Ranking – Nos últimos quatro anos, João Pessoa saltou de 29ª para 9ª, há dois anos, e para 4ª cidade mais violenta do mundo, segundo ranking de ONG mexicana Consejo Ciudadano para la Seguridad Publica y Justicia Penal, municípios onde não há guerras. Se em 2013, sua taxa de assassinatos era de 66,9 por grupo de 100 mil, no ano de 2014 saltou para 79,41 homicídios por grupo de 100 mil pessoas.


VEJA MAPA DO RANKING:
Clique na imagem para ampliar



Governo do Estado inicia aulas do PBVest em todo o Estado para mais de 10 mil inscritos

O primeiro dia de aula do Cursinho Pré-vestibular Social do Governo do Estado (PBVest) contou com a presença maciça dos alunos nos 49 polos dos 38 municípios da Paraíba, onde estão sendo realizadas as aulas neste sábado (21). Mais de 10 mil alunos já dispunham do material de acompanhamento das aulas distribuído pela Secretaria de Estado da Educação. De acordo com o coordenador do PBVest, Américo Falcone, a ação ocorreu dentro da normalidade e o livro com questões do Enem será entregue no início do mês de abril.

Foram oferecidas 12 mil vagas, destas vagas 6 mil são em polos de apoio presencial e 6 mil para acesso fora do polo presencial. As vagas do polo presencial serão ocupadas pelos primeiros 6 mil inscritos. Conforme Américo Falcone, as inscrições permanecem abertas para completar as vagas na modalidade à distância. “Os interessados ainda podem se inscrever pelo site www.pbvest.pb.gov.br. Os 12 mil inscritos terão direito ao recebimento do material didático”, explicou.

As aulas online acontecerão aos sábados, das 7h30 às 12h30, até 8 de novembro de 2015. Os conteúdos também serão disponibilizadas no portal pbvest.pb.gov.br a partir da segunda-feira subsequente a cada sábado, não só para os alunos, mas para o público em geral.

O curso do PBVest objetiva reforçar e ampliar os conhecimentos dos alunos do 3º ano do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e egressos das escolas da rede pública do Estado da Paraíba que pretendam concorrer às vagas dos cursos de graduação por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou de outros processos seletivos.

Os polos do PBVest estão localizados nos seguintes municípios: Alagoa Grande, Alagoa Nova, Alhandra, Araruna, Baía da Traição, Bananeiras, Bayeux, Cabedelo, Cajazeiras, Campina Grande, Catolé do Rocha, Conde, Coremas, Cruz do Espírito Santo, Cuité, Guarabira, Itabaiana, Itaporanga, João Pessoa, Juru, Mamanguape, Monteiro, Patos, Pedras de Fogo, Piancó, Picuí, Pombal, Princesa Isabel, Remígio, Rio Tinto, Santa Luzia, Santa Rita, São Bento, Sapé, Serra Branca, Soledade, Sousa, Sumé e Taperoá.



Fonte: Secom-PB

Papa afirma que a corrupção é suja e que uma sociedade corrupta fede

NÁPOLES (ITÁLIA) - O papa Francisco pronunciou no ultimo sábado (21) um de seus discursos mais duros ao afirmar que "a corrupção é suja", que "uma sociedade corrupta é uma porcaria", e que aquele que permite a corrupção não é cristão e também "fede".

Imagem:Internet
"Quanta corrupção há no mundo. (...) A corrupção é suja e a sociedade corrupta é uma porcaria. Um cidadão que deixa que a corrupção o invada não é cristão!", afirmou.

O pontífice argentino realizou estas declarações durante um discurso em Scampia, um dos bairros da periferia norte de Nápoles (sul da Itália) que tradicionalmente esteve vinculado à máfia local, a Camorra.

O bispo de Roma aproveitou a ocasião para se dirigir aos milhares de napolitanos que foram até a praça de João Paulo II para escutá-lo para incetivá-los a lutar contra o mal e a ter o valor e a coragem de ir pelo caminho do bem e da justiça.

"Espero que tenham a coragem de seguir adiante com alegria, de levar esperança, de ir pelo caminho do bem e não pela do mal. (...) De ir adiante limpando a própria alma, a alma da cidade e da sociedade para que não exista esse cheiro putrefato que tem a corrupção", ressaltou com firmeza.

Rodeado de dezenas de crianças que cantavam seu nome e que interromperam em algumas ocasiões seu discurso, Francisco descreveu Nápoles como uma cidade na qual "se tentou criar uma "terra de ninguém", um "território em mãos da chamada microvioleêcia".

Além disso, o papa destacou da cidade sulina sua "longa história, atravessada por desafios complexos e dramáticos" e reconheceu que o dia a dia está cheio de dificuldades e de "duras provas".

Complicações que, no entanto, podem contribuir para criar "uma cultura de vida que ajuda a se levantar após cada queda, que ajuda a conseguir de alguma maneira que o mal não tenha a última palavra".

Por isso, o máximo representante da Igreja Católica insistiu na importância de que estes fiéis mantenham a esperança para não permitir que "quem voluntariamente" tome "o caminho do mal roube um pedaço de esperança de si mesmo e dos demais".

Paralelamente, o papa insistiu na importância de dividir uma boa educação para formar, assim, a jovens e ensiná-los que sigam o caminho do bem e se afastem das práticas delitivas.

"A educação é o caminho justo porque previne e ajuda a ir para frente", assinalou.

O bairro de Scampia foi o segundo parada da viagem que empreendeu o papa Francisco hoje à região sulina de Campânia.

O início de sua visita aconteceu no Santuário de Pompéia, onde chegou aproximadamente por volta das 8h local (5h, em Brasília) e onde permaneceu cerca de 35 minutos, orando para Virgem Maria e em companhia de milhares de fiéis que se aproximaram para vê-lo e receber sua bênção.


Do G1

Municípios paraibanos devem R$ 307,7 mi em precatórios

Imagem: Internet
Dos 223 municípios paraibanos, 217 possuem o menos uma pendência com pagamento de precatórios. Levantamento realizado pelo Jornal Correio da Paraíba junto aos Tribunais de Justiça, do Trabalho e Federal mostra que a dívida dos municípios chega a R$ 307.702.674,62. 

Entre os endividados, estão as maiores cidades do Estado a exemplo de João Pessoa, Campina Grande, Bayeux, Santa Rita, Patos, Cabedelo, Cajazeiras e Sousa.

A maior dívida dos municípios com precatórios é referente ao Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). Apenas nesse Tribunal o valor é de R$ 266.626.810,52. Logo depois aparece o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) com R$ 30.156.173,92 e no Tribunal Regional Federal (TRF5) a pendência das prefeituras paraibanas é de R$ 10.916.690,18.

Os maiores devedores no Estado são os municípios de Remígio com 545 precatórios, Esperança com 299, Piancó com 263 e Campina Grande com 218. Figura ainda na lista Cuité com 136 precatórios, Pombal com 133, Caiçara com 130, João Pessoa com 121 e Uirauna com um total de 317.

Portal Arara

Fonte : Portal Correio

Páscoa tem itens caros, mas comércio espera vender 3% a mais; veja como economizar

Imagem: Internet
Com a série de reajustes e a alta do dólar, o consumidor que for às compras de Páscoa deve esperar produtos típicos com valores mais caros. O bacalhau neste ano deve estar bem mais salgado e o vinho também é alvo de altas; mesmo assim a Federação do Comércio na Paraíba (Fecomércio) espera um crescimento de 3% nas vendas na Paraíba em relação à Semana Santa de 2013. Uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas aponta alta de 25,03% nos preços de itens de Páscoa e um economista dá dicas de como acertar nas compras;veja abaixo.

De acordo com o presidente da Fecomércio, Marconi Medeiros, a alta do dólar, que já passa dos R$ 3,30, deve influenciar as vendas da Semana Santa, mas, mesmo assim, ele é otimista.

“Mesmo atravessando dificuldades, nós ainda temos uma expectativa de crescimento de vendas em relação ao ano passado e os setores que mais devem crescer são os de supermercados, mercadinhos, lojas de alimentos e bebidas”, disse ele, que também informou que preços mais influenciados pela moeda norte-americana devem ser os de bebidas e alimentos em geral, mas sobretudo o valor do bacalhau, dos vinhos e de outros pescados importados.

Almoço de Páscoa

De acordo com um estudo divulgado nesta semana pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre-FGV), a principal refeição da Semana Santa deve ter alta de 25,03% em comparação com os valores do ano passado.
Os valores dos itens presentes no almoço superaram a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC-FGV) que tem variação acumulada de 7,99% nos últimos 12 meses, contando com fevereiro.

Como economizar

De acordo com o economista Rafael Bernardino, mesmo com a alta, existem medidas práticas para driblar a situação. “A saída do consumidor é pesquisar o máximo que puder, pois mesmo com os reajustes, os preços variam; outra dica salutar é reunir a família para o almoço e dividir para que cada um leve um item; não tem como fazer um banquete sem a capacidade de compra”, disse ele.

O especialista ainda informou que substituir o bacalhau por outros peixes mais baratos e dar preferência a vinhos brasileiros são saídas válidas para economizar. Sobre o parcelamento na compra dos itens das refeições da Semana Santa, o profissional alerta consumidores.

“Para esse tipo de compra o parcelamento não é indicado porque você consome tudo e no outro dia fica com a conta para pagar; além disso, há uma diferença no aspecto psicológico, pois ao pagar no cartão você sente que não está gastando e então compra mais e isso é algo bem comum para pessoas que não controlam o orçamento doméstico”, disse ele.

Portal Arara

Fonte : Portal Correio